Para entender mais a questão alimentar na construção da democracia

Créditos: Dani Emiliano

Na edição de setembro de 2021 da newsletter do Instituto Ibirapitanga, convidamos a equipe de “O Joio e o Trigo” para indicar conteúdos. As indicações evidenciam porque a transformação dos sistemas alimentares é um importante aspecto da construção da democracia, por meio de análises de diferentes dimensões sobre o modelo pelo qual a comida é produzida e distribuída. O Joio e o Trigo é um site de jornalismo investigativo sobre as implicações políticas, sociais, econômicas e ambientais da alimentação industrializada. Confira as indicações a seguir.

 

A água

Realização: data_lábia

O data_lábia é um podcast sobre as favelas e seus moradores onde são abordados problemas e soluções para as cidades. Em seu episódio “A água”, o podcast trata da falta d’água na Maré, e em outras favelas do Rio como um problema estrutural e político, conversando com moradores, trabalhadores e pesquisadores no tema.

Ouvir 

 

Alimentação escolar: esperança em meio à fome é alvo de disputas ontem e hoje

Autora: Mylena Melo para O Joio e o Trigo

Nesta entrevista, O Joio e o Trigo conversou com a nutricionista gaúcha Regina Miranda, uma das articuladoras chave da lei nº 11.947, de 2009, que regula atualmente o funcionamento do PNAE — Programa Nacional de Alimentação Escolar. Regina contou ao Joio detalhes dos bastidores da criação da lei, abordando o passado e o presente do PNAE, tratando desde o lobby da indústria às frentes de defesa ao direito à alimentação saudável e adequada, que enxergam o programa como importante mecanismo contra a fome.

Ler 

 

Destruição em massa: geopolítica da fome

Autor: Jean Ziegler

Este livro evidencia as consequências nocivas ambientais e socioeconômicas do presente modelo de agricultura capitalista monopolista, no Brasil e no mundo, conhecido como agronegócio.

Mais informações 

 

Geopolítica da Fome: ensaio sobre os problemas de alimentação e população do mundoAutor: Josué de Castro

Nessa obra de um dos pensadores mais importantes sobre a fome, a escala de análise sobre esse problema é ampliada, abordando a questão na América, África, Ásia e Europa. Josué confirma a tese levantada em Geografia da Fome, de que o problema é oriundo da má distribuição das riquezas e dos produtos, e não da escassez de recursos e alimentos. O autor conecta a geração de pobreza e miséria à colonização e dependência econômica no mundo.

Mais informações

 

Libertação animal, veganismo popular e ecossocialismo

Autor: Chavoso da USP

Thiago Torres, conhecido como Chavoso da USP, é cria da Brasilândia, extremo norte de São Paulo, e estuda Ciências Sociais na Universidade de São Paulo. Seu canal é dedicado a falar de sua vida, suas vivências na USP e na quebrada, além de política, cultura e sociedade. Nesse vídeo ele apresenta um pouco das visões do veganismo popular, negro, periférico, anticapitalista e ecossocialista.

Ver

 

Modo de vida imperial

Autores: Ulrich Brand e Markus Wissen

De acordo com Annette von Schönfeld, o livro apresenta um termo novo para o debate sobre os sistemas de desigualdade inerentes ao capitalismo, que busca criar conexões entre o cotidiano das pessoas, os processos globais de produção e de consumo, bem como as políticas públicas relacionadas. O livro expõe como acontecem e para onde vão os processos de concentração dos lucros e a externalização de custos sociais e ecológicos.

Mais informações

 

O Prato do Preso

Realização: Prato cheio

Neste episódio do Prato Cheio, podcast de O Joio e o Trigo, é abordado o impacto que a comida servida nas cadeias tem para a saúde dos presos, para as famílias e também para quem está fora das penitenciárias. O episódio foi produzido a partir de uma escuta a detentos, seus familiares, membros da Defensoria Pública ou de órgãos independentes que fiscalizam as unidades prisionais.

Ouvir

 

The Neoliberal Diet

Autor: Gerardo Otero

Neste livro, Gerardo Otero mostra como ações no âmbito estatal, especialmente subsídios para grandes fazendas e agronegócios, garantiram o domínio dos alimentos processados nas dietas e tornaram alimentos frescos saudáveis inacessíveis para muitos. Comparando o desempenho agroalimentar em vários países, incluindo a região do NAFTA (Tratado Norte-americano de Livre Comércio), e correlacionando o acesso aos alimentos à desigualdade de classe, o autor demonstra o caráter estrutural da produção de alimentos e o efeito da disparidade nas escolhas alimentares individuais.

Este conteúdo está disponível apenas em Inglês.

Idec traz evidências para democratizar o conhecimento sobre consumo e alimentação

As práticas de consumo foram objeto de ampla investigação, crítica e experimentação ao longo de décadas pela sociedade civil organizada em torno da alimentação no Brasil. Consumo e cidadania conectam, ao mesmo tempo, a construção democrática e aprofundamento da democracia e os sistemas alimentares veja mais

Informações relacionadas em Doações