O Instituto

O Instituto Ibirapitanga é uma organização dedicada à defesa de liberdades e ao aprofundamento da democracia no Brasil. Desde 2017, apoia iniciativas a partir de seus dois programas:

Sistemas alimentares
Equidade racial

Por meio de doações, o Instituto apoia organizações, movimentos e coletivos da sociedade civil brasileira que desejam produzir transformações estruturais positivas no país. Para isso, valoriza sua autonomia e fortalecimento e busca construir relações de confiança e dar flexibilidade e abertura à experimentação.

O Instituto Ibirapitanga prioriza parcerias com iniciativas que dialogam com suas prioridades e linhas programáticas, que são selecionadas por meio de identificação direta (carta-convite), editais específicos ou apresentação de propostas por meio de uma carta de intenção.

Fundado pelo cineasta Walter Salles, o Ibirapitanga opera com recursos próprios a partir dos rendimentos de um fundo patrimonial.

Ibirapitanga, Piso e Marcgrav (1648)

A palavra ibirapitanga tem origem tupi-guarani e é um dos nomes do pau-brasil. Ybirá significa pau ou árvore e pitanga, vermelho, referência à coloração do cerne do seu tronco, utilizado no tingimento de tecidos.

Seja pelas suas qualidades, seus usos ou sua ausência, a ibirapitanga traz na sua história as marcas da construção do Brasil.

Como destaca o escritor Eduardo Bueno no epílogo de Pau-brasil (2002), ela seria “a metáfora mais bem acabada, mais perfeita e mais pertinente dos recursos naturais do Brasil; o símbolo botânico da usurpação de nossa cidadania e de nossa própria omissão ao longo do processo”.